Canal do Búfalo
ATENÇÃO:

Alguns sites clandestinos tentam associar indevidamente suas imagens ao nosso fórum. Não temos relação com nenhum site exceto os que estão na barra lateral direita do fórum, na área de "Blogs Parceiros".

Caso tenha visto algum tentando associar a imagem do fórum a assuntos asquerosos como pedofilia e estupro, fiquem avisados que esta informação é TOTALMENTE FALSA.

Atenciosamente,
Canal do Búfalo.
Navegação
 Índice
 Ir para o blog
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Últimos assuntos
» [Relato] Camarada pegou porra alheia e não achou nada demais!
Qui Out 13, 2011 10:14 pm por Smith

» O VELHO SAMBA ADERINDO A REAL .
Sex Out 07, 2011 3:40 am por Smith

» [Fixo] (Download) BackUp Da Real(PDF)
Sex Out 07, 2011 3:39 am por Smith

» Procuro ela ou não?
Sex Out 07, 2011 3:39 am por Smith

» Dossiê Vivi Facada!
Sex Out 07, 2011 3:35 am por Smith

» AS MULHERES MAIS GOSTOSAS DO BRASIL PARTICIPAM DO SWING DO PRAGA.
Sex Out 07, 2011 3:30 am por Smith

» [+18] A mulher mais gostosa que ja vi.
Sex Out 07, 2011 3:26 am por Smith

» Menino inicia tratamento de mudança de sexo aos 8 anos
Sex Out 07, 2011 3:25 am por Smith

» Aniversário do fórum
Sex Out 07, 2011 3:24 am por Smith

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada


Acordando para o mundo real

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Acordando para o mundo real

Mensagem por Leonardo em Qua Jan 12, 2011 8:09 pm

Olá caros amigos, sou novo aqui no forum. Eu acabei conhecendo o blog do Silvio e o forum através do grande Terramel e dos seus vídeos. Sendo novo aqui, eu gostaria de me apresentar e contar um pouco mais sobre minha experências com o sexo oposto.
Confesso a todos que eu sofri muito nos relacionamentos que tive na minha vida. Nunca tinha entendido a cabeça das mulheres e meu comportamento era basicamente o que todos aqui conhece como o de um perfeito macho beta/matrixiano/magina. Eu fui educado para acreditar que as mulheres eram seres sensíveis, amorosos, que mereciam todo o respeito e deveriam ser tratadas como princesas. E era exatamente assim que eu me comportava. Essa idéia era reforçada ainda mais pelos comentários que eu ouvia de outras mulheres e da descrição do homem perfeito para elas, sem falar nos filmes românticos que infestam o mundo como uma praga e passam a idéia que o homem ideal é basicamente um capacho. É o babaca que se curva às vontades delas, que escreve cartinha romântica, manda flores, faz todas as vontades e etc... Era assim que eu me comportava e achava que era o certo a fazer. Achava que mesmo tendo passado por experiências ruins um dia eu ia achar a mulher perfeita pra mim: honesta, carinhosa, fiel, excelente dona de casa e mãe etc... Como todos imaginam isso nunca aconteceu.
Após o fim de um namoro que durou 3 anos e que terminou da pior forma possível pra mim eu comecei a questionar minha atitude, questionar o que havia de errado com o mundo e com as mulheres. Simplesmente eu decidi me fechar, cuidar do meu corpo, da minha mente, estabelecer metas concretas pra minha vida e não me afastar por nada delas. Ao mesmo tempo que isso acontecia eu comecei a ler livros sobre psicologia, programação neurolinguística, leitura fria, comportamento humano e confesso comprei até livros sobre sedução. Tudo isso com o objetivo de entender o que havia de errado no meu comportamento e evitar erros em futuras relações.
Eis que sem querer um amigo manda pro meu email um dos vídeos do Terramel pra eu assistir. Ao ouvir aquelas palavras eu não pude evitar em concordar com o que ele falava e vi como muitas atitudes minhas estavam erradas. Quando eu acessei esse forum pela primeira vez eu fiquei horas lendo diversos relatos e me identificando um pouco com cada um. Comecei a ler os livros do Nessahan Alita e foi ai que a verdade caiu sobre mim como uma bomba.
Ali estava escrito realmente o porque de eu ter sido infeliz em todos os meus relacionamentos passados. Foi exatamente como o filme matrix mostra, eu vivia num mundo de sonhos e agora eu acordei pra um mundo totalmente oposto ao que eu estava acostumado.
Não sei se é normal, mas agora eu não consigo evitar de sentir repulsa por mulheres. Toda vez que eu vejo uma eu automaticamente penso nela como uma vadia que só quer me manipular. Meu comportamento mudou de tal forma que as mulheres que convivem comigo tanto no trabalho como na vida pessoal começaram a perguntar o que eu tinha, dizer que eu estava diferente, que meu olhar tinha mudado.
Tudo isso é uma experiência nova pra mim. Tudo que me foi ensinado, tudo em que eu acreditava não passava de uma mentira. A única coisa que eu sinto agora é raiva e vontade de virar um canalha e retribuir tudo o que essas vagabundas fazem, mas ao mesmo tempo eu sei que fazendo isso eu só estaria me tornando exatamente o que eu mais desprezo.
Então eu gostaria de perguntar para os guerreiros da real: isso que estou sentindo é normal ? Vocês também passaram por isso ?
Bem fica ai meu relato, sei que tenho um longo caminho pela frente, espero aprender muito com vcs e encontrar meu equilíbrio e paz interior diante desse novo mundo que se abriu perante meus olhos.

Abraços aos guerreiros!
avatar
Leonardo

Mensagens : 98
Data de inscrição : 12/01/2011
Idade : 34
Localização : São Paulo/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por appollo em Qua Jan 12, 2011 8:46 pm

Opa! seja bem vindo :cerva:
Essa raiva que você sente, praticamente todos sentiram quando descobriram a real, isso normal.




\o/ appollo

appollo

Mensagens : 81
Data de inscrição : 16/11/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por Convidad em Qua Jan 12, 2011 8:59 pm

Bem vindo cara. Leia Nessahan Alita antes de qualquer coisa.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por barão_kageyama em Qua Jan 12, 2011 9:04 pm

Isso ae guerrero, como dito, leia o NA e vá controlando a raiva. Raiva é sinal q vc ainda sente algo pela babaca. O teu objetivo é ser cagar e andar pra elas.
avatar
barão_kageyama
Administração

Mensagens : 1690
Data de inscrição : 19/10/2010
Idade : 18
Localização : Caraguatatuba

http://canaldobufalo.galacta.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por Convidad em Qua Jan 12, 2011 9:37 pm

Raiva é sinal de apego. Desapegue-se.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por Homem-Man em Qua Jan 12, 2011 10:57 pm

Você disse o fundamental ao fim do texto. Equilíbrio e paz interior. É o que todos devemos ter. Não viva em função delas por bem ou por mal. Assim você deixa de ser um Mangina completo e torna-se o que quiser. Superando o bem e o mal.

Sorte na luta!
avatar
Homem-Man

Mensagens : 232
Data de inscrição : 11/01/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por Smith em Qui Jan 13, 2011 12:12 am

Leia os livros do Nessahan pra ficar mais tranquilo as coisas. Essa repulsa é normal. Todos os que conhecem a real passam por isso no início.

Daqui a alguns dias você estará em um estado neutro quanto à isso, e logo passará a aprender sobre o seu equlíbrio pessoal.

_________________
Obrigado por tudo DOUTRINADOR!
avatar
Smith
Moderação

Mensagens : 981
Data de inscrição : 17/12/2010
Idade : 25
Localização : Minas Gerais

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por Convidad em Qui Jan 13, 2011 1:05 am

Não creio q a raiva seja sinal de apego...Crio q a raiva seja sinal de uma revolta saudável!
Só cuidado para não transforma-la em ódio.
Estude Nessahan e aproveite a nossa passageira vida.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por EP em Qui Jan 13, 2011 2:20 am

A sua história é bastante parecida com a minha. Aliás, todos aqui partilhamos pontos comuns nesse tipo de acontecimentos passados.

Há quase dois meses comecei o meu processo de mudança. Também senti bastante raiva no início, mas preferi capitaliza-la na academia. É lá que eu descarrego tudo. Todas as minhas energias negativas são libertadas através do esforço físico.

Passado um tempo, essa raiva diminui, a auto-confiança aumenta e você começa a perceber que tem mais valor do que alguma vez pensou que era possível. Pelo menos, é isso que está acontecendo comigo. Continuo a ter alguns dias maus, mas é exatamente nessas alturas que eu relembro os princípios de NA e saio de casa para a faculdade e/ou para a academia. No final do dia, o saldo é sempre positivo para o nosso lado: aumentámos nossa força física, melhorámos a nossa saúde, aumentámos a nossa auto-estima, libertámos a nossa fúria, ganhámos confiança e preparação mental para o futuro.

Se lembre de outro ponto fundamental de NA: não polarize. Depois de sair da matrix, você não pode virar um misógino. Não polarize.

Abraço e força para essa luta, que é constante e diária!
avatar
EP

Mensagens : 6
Data de inscrição : 07/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por OPontaDeLançaAfricano em Qui Jan 13, 2011 12:00 pm

Bem-vindo Leornado...

Fico feliz que os vídeos do Terramel te ajudaram. Parabens Terra, e volte logo, tá fazendo falta guerreiro!

Chama o amigo q te encaminhou os vídeos pra cá (se ele já não tiver aqui)

Força&Honra
avatar
OPontaDeLançaAfricano

Mensagens : 322
Data de inscrição : 09/11/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por terramel em Qui Jan 13, 2011 1:35 pm

Leonardo escreveu:Olá caros amigos, sou novo aqui no forum. Eu acabei conhecendo o blog do Silvio e o forum através do grande Terramel e dos seus vídeos. Sendo novo aqui, eu gostaria de me apresentar e contar um pouco mais sobre minha experências com o sexo oposto.

Opa cara, fico feliz que tenha conhecido o blog e o fórum pelos meus vídeos. Isso é bom, significa que eles alcançaram quem ainda não conhecia a real.

Leonardo escreveu:Confesso a todos que eu sofri muito nos relacionamentos que tive na minha vida. Nunca tinha entendido a cabeça das mulheres e meu comportamento era basicamente o que todos aqui conhece como o de um perfeito macho beta/matrixiano/magina. Eu fui educado para acreditar que as mulheres eram seres sensíveis, amorosos, que mereciam todo o respeito e deveriam ser tratadas como princesas. E era exatamente assim que eu me comportava. Essa idéia era reforçada ainda mais pelos comentários que eu ouvia de outras mulheres e da descrição do homem perfeito para elas, sem falar nos filmes românticos que infestam o mundo como uma praga e passam a idéia que o homem ideal é basicamente um capacho. É o babaca que se curva às vontades delas, que escreve cartinha romântica, manda flores, faz todas as vontades e etc... Era assim que eu me comportava e achava que era o certo a fazer. Achava que mesmo tendo passado por experiências ruins um dia eu ia achar a mulher perfeita pra mim: honesta, carinhosa, fiel, excelente dona de casa e mãe etc... Como todos imaginam isso nunca aconteceu.

Todo homem, ou pelo menos a esmagadora maioria, passa por isso. Essa é a Matrix. Somos educados em um mundo de ilusões românticas que são cada vez mais reforçadas por mídia, livros, pais, professores, amigos, pinturas, poemas, músicas etc. Aprenda que não existe vergonha nenhuma em ser matrixiano. A vergonha está em ser mangina. Existe uma diferença nisso. O Matrixiano é o sofredor, mas o mangina é o que se humilha mesmo que não esteja necessariamente apaixonado. O mangina vê uma mulher e já trai o próprio gênero. Ridiculariza os amigos perante os outros para tentar aparecer mais etc. Isso sim é uma vergonha!

A Matrix pode te levar a sofrer. MESMO que você encontre um dia a mulher exceção, ainda assim poderá sofrer pela matrix, por mais que a mulher seja correta, ainda assim você sofrerá, mas aí já será internamente com seus próprios sentimentos que traem muitas vezes a razão e acabam sendo pior para os dois. Por isso o homem deve ser equilibrado sempre e esse equilíbrio só se consegue saindo da matrix. Mas nem sempre todos que saem da matrix se tornam homens equilibrados e comedidos. Um erro é achar que apenas deve sair da Matrix. Não! Deve-se sair da Matrix e TAMBÉM se tornar um homem equilibrado.

Leonardo escreveu:Após o fim de um namoro que durou 3 anos e que terminou da pior forma possível pra mim eu comecei a questionar minha atitude, questionar o que havia de errado com o mundo e com as mulheres. Simplesmente eu decidi me fechar, cuidar do meu corpo, da minha mente, estabelecer metas concretas pra minha vida e não me afastar por nada delas. Ao mesmo tempo que isso acontecia eu comecei a ler livros sobre psicologia, programação neurolinguística, leitura fria, comportamento humano e confesso comprei até livros sobre sedução. Tudo isso com o objetivo de entender o que havia de errado no meu comportamento e evitar erros em futuras relações.
Eis que sem querer um amigo manda pro meu email um dos vídeos do Terramel pra eu assistir. Ao ouvir aquelas palavras eu não pude evitar em concordar com o que ele falava e vi como muitas atitudes minhas estavam erradas. Quando eu acessei esse forum pela primeira vez eu fiquei horas lendo diversos relatos e me identificando um pouco com cada um. Comecei a ler os livros do Nessahan Alita e foi ai que a verdade caiu sobre mim como uma bomba.

Fico feliz que meus vídeos puderam ajudar e te trouxeram para cá e principalmente por terem te levado a ler Nessahan Alita. É normal passar pelo que você passou. Lembre-se do que diz Nietzsche: "Aquilo que não nos mata nos torna mais fortes". É assim que você deve ser. Você pode cair, mas deverá se levantar e seguir firme e cada vez mais forte. Agradeça pelos sofrimentos por terem te ensinado a ser forte, por terem moldado seu caráter. Um homem sem cicatrizes não é um homem, é apenas uma criança.

Leonardo escreveu:Ali estava escrito realmente o porque de eu ter sido infeliz em todos os meus relacionamentos passados. Foi exatamente como o filme matrix mostra, eu vivia num mundo de sonhos e agora eu acordei pra um mundo totalmente oposto ao que eu estava acostumado.
Não sei se é normal, mas agora eu não consigo evitar de sentir repulsa por mulheres. Toda vez que eu vejo uma eu automaticamente penso nela como uma vadia que só quer me manipular. Meu comportamento mudou de tal forma que as mulheres que convivem comigo tanto no trabalho como na vida pessoal começaram a perguntar o que eu tinha, dizer que eu estava diferente, que meu olhar tinha mudado.

Não basta a Matrix ou as mulheres para que você seja infeliz. Tem que ver sua parcela de culpa nisso. Muitas vezes uma culpa inconsciente. Talvez você tenha se martirizado com o término, dado muito de si para quem não merecia tanto. O que você está passando é normal por ser recente a saída da Matrix. Quase todos passamos por isso. Eu mesmo lembro que a primeira vez que li NA passei pelo mesmo que você passou. Via uma mulher e já sentia raiva. A própria voz aguda e arrogante delas me irritava. Mas existem diferenças entre ser frio, ser justo, ser calmo, não cair em jogos e trapaças emocionais de vadias e entre ser um misógino odiador de mulher cheio de raiva achando que são a pior coisa do mundo ou um simples cafajeste sem escrúpulos.

Leonardo escreveu:Tudo isso é uma experiência nova pra mim. Tudo que me foi ensinado, tudo em que eu acreditava não passava de uma mentira. A única coisa que eu sinto agora é raiva e vontade de virar um canalha e retribuir tudo o que essas vagabundas fazem, mas ao mesmo tempo eu sei que fazendo isso eu só estaria me tornando exatamente o que eu mais desprezo.
Então eu gostaria de perguntar para os guerreiros da real: isso que estou sentindo é normal ? Vocês também passaram por isso ?

Não vire um canalha. O cafa é a versão masculina da vadia. Você deve ser um homem justo. Eu mesmo já disse várias vezes que não confio também nas mulheres e acredito que uns 99,98% sejam vadias haueheauheauaehuea. O próprio NA diz isso em suas obras, que o trabalho dele não se aplica às mulheres sinceras. Mas isso não significa que não acredite que exista mulher-exceção. Ceticismo com a maioria é diferente de ódio. Não vejo problemas em generalizar, mas generalizar é diferente de dizer TODAS SÃO RUINS. O problema é achar que TODA MULHER é romantica. Na verdade a maioria das mulheres não são romanticas e ao meu ver a mulher-exceção é uma anomalia da genética (uma anomalia para o bem, claro, mas ainda assim algo realmente raro que é estranho à própria natureza feminina) - pretendo ainda escrever sobre isso. Mas se você acha uma mulher que pareça correta e é boa com você, você não precisa ficar feito um bobo todo preocupado em tentar agir com frieza sempre pra parecer destacado. Se ela é fria você deve ser frio, se ela faz merda, você termina. Mas se ela é correta e te dá carinho, você age corretamente e também dá carinho. A real deve ser algo interno. Não seja um robô igual mtas pessoas que lêem PUA e acham que o mundo é um baile funk em que vocẽ conseguirá tudo apenas imitando o q os outros fazem. Não é assim... Eu mesmo namoro e já deixei claro no meu terceiro vídeo que amo minha namorada e sou bom e carinhoso com ela, porque ela merece, pois me trata bem e é carinhosa comigo... Aliás, por que namoraria alguém que não fosse boa e correta comigo? É idiotice namorar apenas para ficar mal, mas a maioria dos homens faz isso por ser uma pressão social. Aí muitos qdo conhecem a real ou ficam evitando mulheres ou ficam assumindo trapaceiras emocionais e tentando agir todo frio pra pagar de destacado, sendo q seria melhor ficar sozinho nesse caso. Como diria Bruce Lee, você não pode pensar qual chute ou soco vai desferir, os golpes devem fazer parte de você e sairem automaticamente, de forma insconciente, como uma extensão do seu corpo, uma ligação neuro-muscular. A real também deve ser assim.

A vingança é um erro que pode te prender ainda mais à Matrix. Ser superior não é entrar em toda competição esperando vencer. É ser justo em todas, mesmo que perca algumas, não se rebaixar e não agir emocionalmente quando é necessário agir logicamente. Raivinha é uma característica das mulheres e não dos homens.

Leonardo escreveu:Bem fica ai meu relato, sei que tenho um longo caminho pela frente, espero aprender muito com vcs e encontrar meu equilíbrio e paz interior diante desse novo mundo que se abriu perante meus olhos.
Abraços aos guerreiros!

Boa sorte cara. Qualquer coisa é só perguntar aqui que a galera do fórum é excelente e sempre dá as melhores dicas. De todos os redutos da real, na minha opinião esse é o melhor e com guerreiros mais phodões.

Lembre-se: Mantenha o foco em si mesmo sempre! Estude, treine, ganhe mta grana e, principalmente, tenha sempre objetivos e seja sempre um cara centrado!

Abraços
avatar
terramel

Mensagens : 447
Data de inscrição : 18/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por Exprimata em Qui Jan 13, 2011 4:53 pm

Os GUERREIROS aqui presentes disseram tudo, velho...


- NEM BOM, NEM MAU: JUSTO...





Com o tempo e paciência as coisas se ajeitam...




___________________________________________________________________

Há muito tempo já pensava sobre os escritos de Schopenhauer em
METAFISICA DO AMOR E DO SEXO, livro/capítulo que desmantela a "mística" que envolve o
"sentimento amoroso", que segundo o velho filósofo, seria apenas um blefe da "NATUREZA" para a perpetuação da espécie e também "mastigava" as palavras o velho Nietzsche que já anunciava a necessidade de um "morrer em nós" para renascermos mais fortes: o real SUPER-HOMEM, que estaria além dos conceitos simplistas de BEM E MAU...
Nessaham teve outras fontes, obviamente, mas com certeza conhecia bem estes dois Pensadores, sendo ele (N.A.) leitura obrigatória a todos nós!!
_____________________________________________________________________

EQUILÍBRIO E DESAPEGO, SEMPRE!!
avatar
Exprimata

Mensagens : 29
Data de inscrição : 23/12/2010
Idade : 86
Localização : ONIPRESENTE, INCONSCIENTEMENTE FALANDO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por Diamante em Qui Jan 13, 2011 5:11 pm

Em um dos tópicos um colega me alertou para eu não cultivar um comportamento MISÓGINO.

Repasso a você o conselho:

Cuidado para não cultivar um comportamento MISÓGINO!
avatar
Diamante

Mensagens : 93
Data de inscrição : 29/12/2010
Idade : 30
Localização : Porto Alegre - RS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por Convidad em Qui Jan 13, 2011 5:48 pm

Assumir um comportamento misógino é perigoso, livre-se disso.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por Leonardo em Qui Jan 13, 2011 9:12 pm

Eu gostaria de agradecer muito as boas vindas de todos, dizer que fiquei honrado com tantos conselhos e muito feliz pela participação no meu tópico do cara praticamente abriu meus olhos, o grande Terramel. Eu sei que a sua conta no youtube foi hackeada, mas não deixe de fazer mais videos cara. Garanto que assim como aconteceu comigo, eles vão ajudar a muita gente.
Não vou virar um canalha, pq como o Terramel disse : "o canalha nada mais é do que a versão masculina de uma vadia". Acho que essa descrição foi perfeita. Também não pretendo virar um ogro que só sabe ser estúpido. Eu simplesmente serei, como muitos aqui me aconselharam, justo. Fez coisa boa existe uma recompensa, se fizer merda vai existir uma reação tão grande quanto a merda feita, ou seja, um belo chute na bunda.
Pretendo terminar logo todos os livros do NA e mudar minha atitude. Afinal a maior batalha é comigo mesmo. Mas eu já posso adiantar algumas coisas que já estão sendo colocadas em prática: sempre cultivar o desapego, não me apaixonar e sempre me manter alerta. Da mesma forma como elas dizem que nós homens não prestamos eu digo que pra mim toda mulher que eu conhecer é uma vadia, vai depender do caráter e das atitudes dela pra provar o contrário pra mim.
Mais uma vez muito obrigados pelos conselhos, vou refletir muito sobre o que vocês escreveram e me esforçar ao máximo para sempre melhorar e poder ajudar aqueles que precisarem.

Um grande abraço para todos!
avatar
Leonardo

Mensagens : 98
Data de inscrição : 12/01/2011
Idade : 34
Localização : São Paulo/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por Edemar em Qui Jan 13, 2011 9:33 pm

Leonardo escreveu:
Então eu gostaria de perguntar para os guerreiros da real: isso que estou sentindo é normal ? Vocês também passaram por isso ?

Para ser sincero, eu estou um pouco na fase da repulsa. Dela vem uma intolerância quase que extrema a joguinhos e tentativas de manipulações. No entanto, estou aceitando a perfídia feminina ao poucos, afinal ela é absolutamente incentivada pela mídia e sociedade, onde só nos resta agir de forma correta diante dessas contingências.

Quanto à intolerância, só acho que deve ser dosada, mas não eliminada. Afinal, ninguém aqui no fórum quer uma vagabunda para controlar sua vida e nós como homens temos o dever de nos impor minimamente quando detectarmos comportamentos indecorosos por parte das mulheres.
avatar
Edemar

Mensagens : 181
Data de inscrição : 17/12/2010
Idade : 30

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por Leonardo em Sex Jan 14, 2011 10:10 am

Com certeza Edemar eu entendo perfeitamente o que você disse. É exatamente isso que me deixava puto, ver os joguinhos emocionais em andamento e como elas se sentem vitoriosas quando os otários caem nesse jogos. Onde eu trabalho tem mulher que se insinua até pra não ter que levantar e pegar uma folha sulfite e está cheio de matrixiano e mangina louco pra ir correndo como um cachorrinho pegar a folha e dar na mão dela só porque tem a esperança que um dia ela venha a dar a bunda pra algum deles.
Depois de ler dois livros do NA eu estou começando a entender que não devemos ter essa raiva. Na verdade não devemos sentir nada. Se você ver uma mulher fazendo joguinhos já faça uma nota mental para tomar cuidado com ela e já fique com o pé atrás. Elas são assim, a mente delas opera dessa maneira. Se por um acaso do destino cairmos num desses jogos a culpa é nossa e não delas. Toda vez que uma mulher se aproxima de mim eu já espero pelo pior, com isso eu já fico um passo a frente dela. Depois que você abre os olhos, não se envolve e nem fica fascinado pelos encantos femininos da pra notar de longe quando elas tentam fazer isso com vc.
Aquela raiva que eu sentia já está diminuindo muito e eu estou até gostando de poder jogar, de poder me esquivar das armadilhas que elas colocam na nossa frente e depois de dar risada pela cara de bosta que elas ficam quando os joguinhos não dão certo.
Meu lema agora é equilíbrio sempre. Eu não vou mais deixar a raiva e a repulsa tomar conta de mim, mas nem por isso vou deixar com que me passem pra trás. Se me tratar com respeito eu trato com respeito, mas se vier fazer merda pra mim eu devolvo na mesma moeda. Nada mais justo.

Abraços
avatar
Leonardo

Mensagens : 98
Data de inscrição : 12/01/2011
Idade : 34
Localização : São Paulo/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por Edemar em Sex Jan 14, 2011 10:41 am

Leonardo escreveu:
Meu lema agora é equilíbrio sempre. Eu não vou mais deixar a raiva e a repulsa tomar conta de mim, mas nem por isso vou deixar com que me passem pra trás. Se me tratar com respeito eu trato com respeito, mas se vier fazer merda pra mim eu devolvo na mesma moeda. Nada mais justo.

Abraços

Leonardo, concordo com tudo o que disse. Essa parte que citei do seu texto é muito importante. Os relacionamentos hoje são baseados da seguinte forma: homens são obrigados a fazer o diabo e as mulheres a esperar pela atitude deles. Por mais que estejam de TPM, o homem tem que aceitar essa condição, afinal são mulheres! Porra! É muita desigualdade! Obrigações para nós e direitos para elas, não existe nada mais injusto. Em suma, devemos ser um espelho das atitudes delas, como falam Nessahan Alita e Sílvio Koerich em um de seus posts.

A sedutologia é grande incentivadora dessa desigualdade na relação entre os sexos. A maioria dos sedutólogos defendem que temos aceitar essas atitudes insanas, com aquele papo de que só os "vencedores" conseguem fazê-lo. Na minha época de matrixiano adorava sedutologia, mas hoje a vejo como passatempo de mangina.

avatar
Edemar

Mensagens : 181
Data de inscrição : 17/12/2010
Idade : 30

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por OPontaDeLançaAfricano em Seg Jan 17, 2011 10:14 am

Edemar escreveu:
A sedutologia é grande incentivadora dessa desigualdade na relação entre os sexos. A maioria dos sedutólogos defendem que temos aceitar essas atitudes insanas, com aquele papo de que só os "vencedores" conseguem fazê-lo. Na minha época de matrixiano adorava sedutologia, mas hoje a vejo como passatempo de mangina.


COMBO BREAK!

+
avatar
OPontaDeLançaAfricano

Mensagens : 322
Data de inscrição : 09/11/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por Leonardo em Seg Jan 17, 2011 11:07 am

Edemar escreveu:
A sedutologia é grande incentivadora dessa desigualdade na relação entre os sexos. A maioria dos sedutólogos defendem que temos aceitar essas atitudes insanas, com aquele papo de que só os "vencedores" conseguem fazê-lo. Na minha época de matrixiano adorava sedutologia, mas hoje a vejo como passatempo de mangina.


Concordo 100%. Eu já li bastante sobre PUA. Li o método Mystery, li coisas do Ross Jeffries, Neil Strauss, David Deangelo(esse último tem umas idéias legais sobre como desenvolver o homem interior de cada um de nós) mas eu notei que tirando algumas exceções eles são escravos da matrix. A vida deles gira entorno de mulher. O próprio Mystery quase chegou a se matar por causa de uma stripper.
A maioria dos métodos de PUA tem como base um algoritmo pra fazer com que qualquer um possa imitar as atitudes de um macho alfa e com isso chamar a atenção de mulheres. Eu acho que é muito melhor tornar-se um homem de valor de verdade ao invés de ficar decorando rotinas, quebra gelo e etc.. Do momento que você realmente é um homem de valor todas essas técnicas se tornam desnecessárias. Sua postura, sua voz, suas atitudes, sua linguagem corporal já fazem o serviço de chamar a atenção. E o melhor de tudo isso é que não fica algo forçado.
Por isso eu digo: NA é essencial. Depois se a pessoa quiser ler algumas técnicas de PUA por curiosidade e aprender uma coisa ali e aqui tudo bem.

Abraços!
avatar
Leonardo

Mensagens : 98
Data de inscrição : 12/01/2011
Idade : 34
Localização : São Paulo/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por Edemar em Seg Jan 17, 2011 11:51 am


Perfeita a sua definição, se mostre um homem de valor que as técnicas de PUA se tornarão supérfluas. E leitura e releitura de Nessahan Alita sempre. Ele é o único até hoje cujos ensinamentos transcendem o simples fato de lidar com mulheres, ensina a lidar com a vida, a ser muito mais que um mero pegador de mulheres... :cerva:
avatar
Edemar

Mensagens : 181
Data de inscrição : 17/12/2010
Idade : 30

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por Exprimata em Seg Jan 17, 2011 12:34 pm

SALVE GUERREIROS DA REAL!!



FICO CADA VEZ MAIS SATISFEITO COM AS RESPOSTAS AOS POSTS QUE LEIO...
CONHECER, ESTUDAR E APLICAR OS CONCEITOS DE N.A. MUDOU NOSSAS VIDAS!!


BOM SABER QUE FAÇO PARTE DE UM GRUPO DE HOMENS HONRADOS E VIRIS!
_____________________________________________________________________




"Depois de ler dois livros do NA eu estou começando a entender que não devemos ter essa raiva. Na verdade não devemos sentir nada."

Leonardo





_____________________________________________________________________
EQUILÍBRIO E DESAPEGO, SEMPRE!

avatar
Exprimata

Mensagens : 29
Data de inscrição : 23/12/2010
Idade : 86
Localização : ONIPRESENTE, INCONSCIENTEMENTE FALANDO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acordando para o mundo real

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum