Canal do Búfalo
ATENÇÃO:

Alguns sites clandestinos tentam associar indevidamente suas imagens ao nosso fórum. Não temos relação com nenhum site exceto os que estão na barra lateral direita do fórum, na área de "Blogs Parceiros".

Caso tenha visto algum tentando associar a imagem do fórum a assuntos asquerosos como pedofilia e estupro, fiquem avisados que esta informação é TOTALMENTE FALSA.

Atenciosamente,
Canal do Búfalo.

Transhumanismo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Transhumanismo

Mensagem por Convidad em Ter Mar 29, 2011 5:17 am




odos os dias, 32'000 crianças morrem de causas evitáveis, 20'000 de fome. Entretanto, governos gastam milhões em armas que nos permitam destruir a vida na Terra. Aliás, é até bastante provável a espécie humana auto-destruir-se. Somos atingidos por milhares de doenças mortais, milhares de doenças que afectam a nossa qualidade de vida e vamos todos, inevitável e previsivelmente, envelhecer e morrer. No fundo, talvez não sejamos tão "bons" como pensamos ser.

Um transhumanista, no fundo, é todo aquele que tenta melhorar a sua vida e a sociedade em vez de rezar. É claro que existem outras ideologias e sistemas filosóficos com raízes ateístas que partilham esta visão. O que distingue os transhumanistas é a ideia que a evolução individual e da humanidade como um todo se vai basear na tecnologia. O objectivo dos transhumanistas é um auto-aperfeiçoamento e uma evolução da espécie humana através de uma utilização racional das tecnologias que a Ciência nos oferece. O que os transhumanistas têm em comum é o desejo de evolução colectiva ou individual através de meios tecnológicos em direcções desconhecidas e até temidas por muitas pessoas. Um processo de utilização racional, sensata e inteligente da tecnologia para proveito próprio.

Imagine o que é deixar de envelhecer! Imagine o que é ter o dobro da inteligência e memória! Imagine o que é viver num mundo que não seja constantemente devastado por doenças ou guerras! Imagine colonizar e conquistar outros planetas! Desengane-se quem pensa que estes objectivos são inatingíveis no futuro. E quando eu refiro "futuro", eu refiro-me a um "futuro" que muitos de nós vamos viver. Os transhumanistas procuram compreender estas e outras tecnologias e a melhor forma de as utilizar; os transhumanistas tentam antecipar e compreender as grandes revoluções tecnológicas das próximas décadas de forma a permitir uma utilização racional das mesmas que leve ao progresso da espécie humana.

Não é possível prever se uma tecnologia vai ser útil ou destruidora. Mas assim que se desenvolve determinada tecnologia, esta não pode ser esquecida ou apagada. Ao contrário de ambientalistas e teólogos, os transhumanistas, na sua maioria filósofos, cientistas, ou investidores ligados à nova economia, pensam que compreender os avanços tecnológicos é melhor do que tentar destrui-los; quanto mais não seja porque a última opção é praticamente impossível num mundo dividido em dezenas de estados independentes, incluindo alguns claramente hostis ao Ocidente.

O transhumanismo começa com uma melhoria individual que, consequentemente, leva a uma melhoria da Humanidade como um todo. Algumas pessoas poderão querer apenas deixar de envelhecer enquanto que outras pretendem também aumentar a sua inteligência. A liberdade individual é um dos poucos princípios éticos em que os transhumanistas concordam. Se houver pessoas que não querem usufruir das tecnologias, ninguém as pode contrariar. Os transhumanistas pretendem-se libertar das correntes que limitam o ser humano mas não pretendem obrigar ninguém a esse progresso. Existe inclusive uma divisão do transhumanismo chamada extropianismo que defende princípios de economia e política ultra-liberal — sob a forma de uma ordem espontânea — na qual se defende que a humanidade evolui melhor sem um planeamento central ou ordens constantes. Esta filosofia transhumanista tem bastantes seguidores, principalmente nos EUA — diga-se a título pessoal que eu não concordo com o princípio de ordem espontânea apesar de ser um enorme defensor da liberdade individual.

Uma pessoa deve sempre procurar novos objectivos e novas fronteiras. Num mundo onde a perfeição não existe, ela é o único objectivo possível. Devemos tentar sempre ser melhores do que somos, sempre a remodelar as nossas capacidades. A evolução da espécie humana já não é, nem pode ser, um processo natural. Relembrando Thomas Huxley: "A civilização é um protesto contra a natureza; o progresso exige que nós assumamos o controle da evolução." Por isso é que "o céu é o limite". Uma espécie que como a nossa pode conquistar o céu, não se pode contentar com a Terra.

Simplismente...Vai da merda!!!!!!!!!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Transhumanismo

Mensagem por Feon2 em Ter Mar 29, 2011 1:06 pm

Pra falar a verdade eu sempre pensei dessa maneira...

avatar
Feon2

Mensagens : 156
Data de inscrição : 14/11/2010
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum